golpe na internet

Golpe na Internet: veja como não cair nessa

Existem diferentes tipos de golpe aplicados na internet. O motivo é que a rede mundial de computadores permite um certo anonimato: é difícil saber quem está do outro lado da tela. Além disso, muitas das mensagens passadas são enviadas a pessoas fragilizadas ou com pouco conhecimento, como crianças e idosos.

Para evitar cair em golpe na internet, não tem jeito, a melhor opção é conhecer exatamente o que os criminosos andam fazendo por aí. Neste post vamos apresentar a você as principais fraudes aplicadas e as maneiras de evitá-las. Se você quer se prevenir, está no post certo. Boa leitura!

Identificando os golpes na Internet

A seguir, mostraremos as principais fraudes da web. Acompanhe!

WhatsApp clonado

Este golpe já fez mais de 8 milhões de vítimas no Brasil todo. Seu funcionamento é assim: o criminoso cadastra o número de celular da vítima no WhatsApp, como se fosse ativar um novo uso. Para confirmar a nova ativação, o próprio aplicativo encaminha uma mensagem de texto com um código de acesso.

É nesse momento que a pessoa mal-intencionada entra em contato solicitando o código de confirmação da nova conta WhatsApp. Dessa forma a vítima perde totalmente o controle sob o aplicativo e o criminoso ganha acesso completo a:

  • histórico de mensagens;
  • informações pessoais;
  • registro de contatos telefônicos;
  • envio e recebimento de novas mensagens.

Muitas vezes, dependendo das configurações de sincronização, o criminoso pode acessar inclusive mensagens multimídia (imagens e vídeos). O maior problema desse golpe é que informações sensíveis e pessoais podem ser vazadas e usadas para extorsão. Há ainda o estelionato, que é aplicado nos amigos da vítima.

Por ter acesso a seu histórico de conversas e contatos da agenda do WhatsApp, o criminoso sabe exatamente com quem você tem mais afinidade. Dessa forma ele usa essas pessoas para pedir dinheiro em seu nome, encaminhando informações de uma conta bancária de laranjas (pessoas não envolvidas no golpe) para receber a quantia solicitada.

Fake news da caridade

As notícias falsas, conhecidas como fake news, têm estado em alta ultimamente. O que poderia ser apenas um engano de informações transformou-se em uma oportunidade para golpes na internet. Existem duas formas com as quais os criminosos utilizam as fake news para enganar as pessoas.

A primeira delas é criar um site e compartilhar um link com título chamativo, como se fosse uma manchete jornalística, para atrair vítimas. Assim que acessam a fake news, as pessoas são direcionadas para um página fantasma do site criminoso, onde ocorre um download automático para o dispositivo.

Em seguida, esse aplicativo oculto coleta informações sensíveis e as encaminha diretamente a pessoas envolvidas no golpe da internet. Esses dados podem ser senhas, mensagens, e-mails e outros.

A segunda maneira como esse golpe é aplicado é um pouco mais elaborada. Uma notícia falsa chega a ser redigida, trazendo um texto bastante convincente sobre uma ação de caridade para determinada instituição. Na própria notícia são informadas diferentes maneiras de encaminhar dinheiro, como transferência bancária e depósito em conta.

Assim, muitas pessoas que visam ajudar o próximo acabam fazendo doações a alguma instituição que nem existe.

Roubo de dados em app

Os roubos de dados em aplicativos funcionam de modo semelhante ao das fake news. A diferença é que esses apps são baixados pela vontade da própria vítima, sem estarem ocultos. O próprio Google Play, serviço da Google para baixar programas em smartphones Android, já excluiu dezenas de aplicações de sua loja virtual.

segurança digitalPowered by Rock Convert

Os aplicativos falsos têm diferentes objetivos, como exibir diversas vezes o mesmo anúncio para aumentar os ganhos de publicidade. O problema mais grave está em aplicativos ocultos de coleta ou que modificam as funções após instalado. Esses apps acabam clonando telas para que a vítima digite informações sensíveis.

Os dados digitados são encaminhados diretamente aos criminosos, podendo ser:

Prevenindo-se dos golpes na internet

Saiba como se prevenir dessas fraudes que circulam pela web.

Não repasse dados pessoais e sensíveis

É comum que as pessoas compartilhem senhas de aplicações, como Netflix e Spotify. Sabia que isso é um problema para sua segurança? Afinal, muitas vezes quem está recebendo a senha não é alguém de confiança. Melhor explicando, você sabe como seu amigo ou parente utiliza os dispositivos dele? Justamente por isso não é confiável.

Seu amigo pode ter um vírus no computador dele ou um aplicativo espião no celular. Assim, quando você informar suas senhas a ele, um criminoso estará à espreita anotando tudo.

Não confirme solicitações de códigos

Como vimos, os códigos de acesso para confirmação de mudanças nas contas também são utilizados pelos golpistas de internet. Nunca informe esses códigos a terceiros, uma vez que eles são equivalentes a senhas e devem ser guardados em segurança.

Sempre desconfie se você não tiver solicitado esses códigos, pois eles somente são encaminhados mediante a solicitação de alguma pessoa tentando acessar sua conta. Quando receber algum código de acesso, mesmo que você tenha solicitado, nunca repasse-o para ninguém.

Confira a veracidade de sites e notícias

Antes de acreditar em qualquer informação compartilhada na internet, é importante confirmar a veracidade dela. Faça pesquisas no Google e confirme em sites especializados em desmentir fake news. Além disso, procure pela mesma informação em sites confiáveis, como os de jornais conhecidos e renomados.

Não envie dinheiro

Jamais encaminhe dinheiro quando terceiros solicitarem. Mesmo que você tenha apenas vontade de ajudar alguém, é bem possível que se trate de um golpe de internet. Instituições de caridades não costumam pedir doações apenas em dinheiro, já que elas aceitam qualquer tipo de ajuda. Além disso, esses estabelecimentos são cadastrados com CNPJ, endereço e telefone, que podem ser encontrados facilmente na Internet.

Então, não deixe de pesquisar antes de tomar qualquer atitude. Na dúvida, não encaminhe quantias em dinheiro e entre em contato diretamente com as autoridades, como a polícia e a prefeitura da sua cidade.

Protegendo contra golpe de internet

As vítimas de golpe na internet têm uma característica em comum: pouco conhecimento sobre como funcionam as fraudes na web. Por vezes acabam repassando informações sensíveis e pessoais, acreditando na idoneidade de quem está do outro lado da tela. Uma ótima forma de evitar esse problema é por se informar, como você está fazendo agora.

Outra dica importante para livrar-se de golpes na internet é utilizar ferramentas que ajudam na segurança dos seus dispositivos conectados na web. O principal deles é o HERO, aplicativo da FS Security voltado para garantir a segurança. Com ele você pode:

  • proteger suas senhas;
  • ter maior controle sobre seus dispositivos;
  • garantir a segurança das conversas;
  • fazer compras online de maneira segura;
  • evitar golpes e fraudes na internet.

Para se prevenir e evitar cair em golpes da internet, baixe o HERO agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.